Como melhorar a acústica de uma sala de Home Theater (Audio Prime x Scala)

Tempo de leitura: 4 minutos

Quer melhorar a acústica de uma sala de home theater? Ou quer caprichar no projeto do som ambiente? Veja nossas dicas nesse colab da Audio Prime com a Scala Acústica!

A acústica é um dos pontos mais importantes de uma sala de home theater. Por isso a Audio Prime foi buscar com o arquiteto e especialista em acústica Arthur Bianchi, da Scala Acústica, os segredos para você conseguir o melhor som possível. Vem com a gente saber tudo sobre o assunto nesse colab incrível que preparamos especialmente para você!

O que é acústica de ambientes?

A acústica de ambientes é a forma como o ambiente retorna o som para os ouvintes. De acordo com o arquiteto, há vários fatores que influenciam nesse processo: a reverberação, adequação da sala, reflexão sonora dos materiais e a geometria do local.

Bianchi explica que, para isso, em um home theater enclausurado, por exemplo, é feito um estudo sobre como o som vai se comportar no ambiente de acordo com a escolha de materiais absorvedores, difusores e absorvedores, criando caminhos de reflexão do som. A ideia é otimizar a qualidade do som e a resposta ao que está sendo reproduzido.

Como trabalhar a acústica em ambientes compartilhados

Mas como driblar desafios como os enfrentados diariamente pela Audio Prime, onde a maior parte dos projetos são de ambientes com 40, 60 m² que incluem sala de estar, home theater e espaço gourmet, cada um com pé-direito diferente, paredes de vidro ou divisórias de varanda?

Será que é possível extrair ainda mais qualidade dos equipamentos melhorando a acústica? Segundo Bianchi, nesse caso é preciso trabalhar dois aspectos: absorção e isolamento.

A absorção é referente ao tratamento das superfícies para que absorvam o som e não reflitam as ondas sonoras de forma demasiada, reduzindo a qualidade acústica do recinto.

Na questão do isolamento, a maior preocupação é quando a escolha do cliente recaiu sobre as caixas de som de embutir – justamente a maior parte dos pedidos da Audio Prime.

A questão é que, nesse caso há uma certa perda na estanqueidade do forro, abrindo espaço para que o ruído atinja o andar acima.

Para o arquiteto da Scala, o subwoofer também recebe atenção especial. Por tratar de baixas frequências, a distribuição das ondas é mais longa, podendo atingir tanto os vizinhos como atrapalhar os demais ambientes da casa, principalmente quando são integrados.

Apartamentos requerem atenção especial

Em relação aos apartamentos, onde o isolamento é mais crítico, no âmbito geral a ideia é colocar mais barreiras para evitar que o som chegue aos vizinhos.

O arquiteto alerta que, apesar do mito, cortina e espumas não impedem que o som cheguem a outros ambientes. Na verdade esses recursos são usados para tratamento da reverberação, da qualidade acústica interna, mas não criam isolamento.

Nesse caso, segundo ele, a solução são forros mais estanques ou pesados e paredes mais grossas.

A definição dessas soluções é feita através de cálculos específicos para cada projeto, de forma a descobrir como o som vai se comportar e se propagar para o ambiente adjacente.

Parâmetros que devem ser observados

São nesses cálculos que entram os parâmetros de qualidade que precisam ser observados, como o C80 (dB), usado para a perfeita clareza musical.

Esses parâmetros, de acordo com o Bianchi, servem para avaliar a qualidade do ambiente através de cálculos, independentemente do volume do som e do local em que está inserido. A qualidade dos equipamentos utilizados também se reflete nesses índices.

O que fazer primeiro? Cálculo de acústica ou compra do equipamento?

Para o arquiteto há soluções para todos os casos. Para quem não comprou ainda o equipamento é possível qualificar o ambiente para então, em parceria, especificar um equipamento de qualidade.

Mas se já foi comprado, o ambiente pode ser adequado acusticamente a determinado equipamento.

Segundo ele, no entanto, o ideal é que a análise acústica seja feita o quanto antes, principalmente pelo fator custo da obra, já que é mais fácil e mais barato trabalhar na fase de projeto ou com uma obra ainda não executada.

Ficou interessado, quer saber mais? Aproveite para tirar suas dúvidas pelo Whatsapp da Audio Prime e acompanhe as dicas de acústica no Instagram da Scala!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.