Review completo amplificadores Frahm Slim, RD e GR – o que faz cada modelo de amplificador?

Tempo de leitura: 3 minutos

Procurando um amplificador para chamar de seu? Conheça as principais diferenças entre as linhas Slim, GR e RD da Frahm e descubra o melhor para você

 

A Frahm renovou sua linha de amplificadores e nós aproveitamos para tirar suas dúvidas sobre o melhor uso para cada um deles. Conheça as três linhas – RD (residencial), GR (profissional) e Slim (comercial) – e veja qual se encaixa melhor no seu projeto!

Amplificadores da Linha Slim (comercial)

Fala galera, tudo bem? A exemplo do que já fizemos com a linha antiga de amplificadores da Frahm, nós hoje vamos explicar a diferença básica entre os amplificadores das linhas renovadas da Frahm. 

A Linha Slim foi desenvolvida para o segmento comercial, mas isso não significa que não possa ser usada em casa. No entanto, dentro dessa mesma linha nós costumamos dizer que há uma segmentação entre os aparelhos de entrada e outros mais evoluídos.

A linha de entrada é indicada apenas para ambientes comerciais, devendo ser ligada à caixas de até 30 W, 40 W no máximo. É perfeita para restaurantes, recepção, consultórios e locais comerciais com som ambiente brando. 

Nela você encontra o amplificador Slim 800, e, daí em diante, os que vêm equipados com Bluetooth: Slim 1.000, Slim 1.000 LA, Slim 1.600 e Slim 1.800.

Já a linha Slim com upgrade pode ser utilizada também em residências, onde geralmente é desejável um pouco mais de punch. 

Nela você encontra quatro modelos (2.000, 2.500, 3.000 e 3.500) que se replicam em versões 2.200, 2.700, 3.200, 3.700 e ao Slim 4.500. Esses últimos se diferem dos anteriores por terem entrada óptica, que deve ser utilizada em ambientes com TV

De uma forma geral a Linha Slim, que tem um desenvolvimento voltado para o lado comercial, oferece regulagem em três vias (graves, médios e agudos), entrada de microfone e, em alguns modelos, a entrada gongo. 

Amplificadores da Linha GR (profissional)

Os novíssimos amplificadores da Linha GR foram desenvolvidos com uma pegada profissional, desenhados para serem colocados em rack. Todos vêm com opção de colocação de canaleta lateral para a organização no móvel. 

Há 5 modelos: GR 3.800, GR 4.200, GR 5.000, GR 5.000 escravo e o GR 5.500. De uma forma geral eles entregam pelo menos o dobro de potência do que a Linha Slim.

A Linha GR é ideal para ambientes onde pretende-se usar caixa de som grande ou com distância de cabeamento muito grande, evitando perda que ocorrem mesmo com a compensação na bitola do cabo.

Dessa forma, a Linha GR é ideal para ambientes de grande porte, como shoppings, supermercados, lojas de departamentos ou mesmo ambientes corporativos. 

 Amplificadores da Linha RD (residencial)

Considerada a queridinha dos designers, a Linha RD da Frahm foi concebida para uso residencial, de onde deriva a sua sigla. A linha apresenta um cuidado especial com sua parte estética, com características exteriores minimalistas de forma a se adequar bem a qualquer estilo e espaço.

A Linha RD foi criada de forma também a apresentar menos aquecimento interno em todos os seus modelos, que podem ou não ter wi-fi. 

Há ainda um modelo reduzido, os RD 30 e RD 30.2, próprios para serem colocados sobre uma bancada (banheiros, lavabos ou quartos); e o RD Wall, que é um amplificador de parede. A Linha apresenta também os modelos RD 80.2; RD 60; RD 160; RD 240 e RD 480. 

Todos os equipamentos da Linha RD têm saída estéreo e entrada óptica. 

Agora que você já sabe um pouco sobre as linhas de amplificadores da Frahm, que tal conhecer mais sobre o assunto?

Preencha seus dados abaixo e descubra mais detalhes sobre os amplificadores Slim, GR e RD da Frahm!


Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.