O que preciso saber para montar meu som ambiente?

Tempo de leitura: 4 minutos

Pensando em montar seu som ambiente? Veja os 5 pontos básicos que você precisa saber antes de comprar seu equipamento de sonorização!

Ter um som ambiente é o sonho de um número cada vez maior de pessoas, seja em casa ou na empresa. Longe de ser um bicho de sete cabeças, é possível conseguir resultados muito bons seguindo algumas dicas do especialista.

Por isso mesmo a Audio Prime está aqui hoje contando tudo o que é preciso saber para montar seu som ambiente. Veja como pode ser fácil ter um sistema de qualidade, seja ele residencial ou comercial. Confira os 5 principais pontos desse roteiro básico e mãos à obra!

1 – Quantos ambientes receberão o som ambiente?

O primeiro passo é pensar na quantidade de ambientes que serão sonorizados. Vamos pegar alguns exemplos, e que um deles seja um restaurante. Se o local tiver uma parte na frente e outra atrás para clientes, são dois ambientes.

Já se a ideia for sonorizar a área gourmet de uma casa e o local tiver uma parte externa e outra interna, também serão dois ambientes.

Na mesma linha de pensamento, se o som ambiente for para um apartamento onde a sonorização deve abranger a sala, a cozinha, a varanda e o banheiro, são quatro ambientes.

Apesar disso parecer óbvio a princípio, é muito importante calcular corretamente a quantidade de ambientes para dimensionar o som adequadamente.

2 – Qual o tamanho dos ambientes?

O segundo passo é saber o tamanho de cada ambiente que será sonorizado. Nesse cálculo deve entrar a medida do comprimento por largura, ou seja, a metragem quadrada de cada cômodo.

Seria o caso, por exemplo, de três ambientes de 100 m², 70 m² e 30 m²: cada um deve ter sua própria metragem especificada. Até mesmo um banheiro pequeno, de 3 m², deve entrar na contagem.

3 – Qual a altura de cada ambiente?

No entanto, além da metragem quadrada, é preciso saber a altura de cada ambiente. Isso é importante porque uma única loja de shopping, por exemplo, pode ter apenas um espaço, mas uma área em que o pé direito é muito alto e outra em que o pé direito é muito baixo.

Essa diferença de altura já faz com que, na verdade, haja dois ambientes, já que a dispersão sonora de um ambiente alto é bem diferente daquela em um ambiente baixo.

Se o mesmo sistema de som fosse colocado em ambos os lugares, qualquer aumento de volume fica bem mais alto no ambiente baixo e o volume mais baixo no ambiente alto. Isso acontece porque o som se dispersa de forma diferenciada em cada um desses locais, justamente por causa da altura do teto.

4 – Qual a finalidade do som ambiente?

O quarto ponto é a finalidade desse ambiente: residencial ou comercial? A ideia é um ambiente mais tranquilo ou mais como um lounge? Para promover balada ou apenas momentos de relaxamento, meditação ou leitura?

Esses 4 fatores são essenciais para montar seu som ambiente, que basicamente é composto por amplificador e caixas de som. É claro que há cabos para conectar ao computador ou celular, caso não haja conexão bluetooth, além dos cabos para ligar o próprio amplificador às caixas.

Mas, basicamente, essa é a configuração necessária para montar um som ambiente de qualidade.

Já os amplificadores, independentemente da marca, têm de 1 a 4 canais. Há também os receivers, que também podem ser usados para som ambiente, mas como também processam imagens geralmente não são necessários apenas para sistemas sonoros.

E é justamente daí que surge o quinto e último ponto que deve ser considerado para montar seu som ambiente.

5 – Haverá uma TV no local?

É importante saber se haverá uma televisão no ambiente porque os modelos atuais têm sido produzidos apenas com saída digital.

Assim, se o seu amplificador for analógico será preciso utilizar um conversor para fazer a conexão – o que acaba comprometendo um pouco a qualidade do som.

O ideal, então, é já comprar todo o sistema digital se o som ambiente incluir uma TV no local.

Recapitulando

Então, agora você já sabe os 5 pontos principais e básicos que é preciso saber para montar seu som ambiente:

  1. Quantos ambientes serão sonorizados;
  2. Qual o tamanho dos ambientes;
  3. Qual a altura dos ambientes;
  4. Qual a finalidade do som ambiente;
  5. Se haverá uma TV no ambiente.

O restante acaba entrando em outras métricas, como casamento de impedância e potência, por exemplo, mas com essas premissas básicas iniciais fica muito mais fácil escolher o sistema perfeito para o seu caso.

Gostou do conteúdo? Ainda ficou alguma dúvida? Fale com a gente aqui pelos comentários ou entre em contato com a Audio Prime e marque um visita!  

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.