Como calcular a quantidade de caixas de som para seu ambiente?

Tempo de leitura: 6 minutos

Já mencionamos aqui que a sonorização, seja em um espaço residencial ou comercial, é fundamental para tornar o espaço ainda mais aconchegante.

Falamos também sobre como economizar ao instalar um som ambiente e a importância de um projeto de sonorização, além de identificar o momento certo para realizar este tipo instalação. Com todas essas informações em mãos, é hora de passar para uma próxima etapa!

Aqui, você vai aprender a calcular a quantidade de caixas de som ideal para o seu ambiente!

Em um espaço comercial, entender o sistema de sonorização e como explorar ao máximo as suas funcionalidades ajudará a atrair ainda mais visitantes para o seu negócio. Por outro lado, na sua casa, o som ambiente vai garantir momentos agradáveis para você e seus convidados!

#Quantas caixas você vai precisar?

Vamos direto ao ponto, afinal este é o principal questionamento quando pensamos na instalação das caixas de som! E então, você já sabe quantas caixas vai precisar?

Para dimensionar o equipamento ideal e a quantidade necessária, é importante levar algumas questões em consideração, como:

  • Como é o seu espaço? Possui pé direito alto ou baixo? Enfim, pense em como é a acústica do ambiente.
  • Existem ruídos internos e externos? De que forma isso poderia impactar no som do ambiente?
  • Quais são os móveis disponíveis, possuem características absortivas ou propiciarão maior reverberação? Tapete? Cortina? e como é o layout do espaço?
  • Qual o tipo de sonorização que você pretende instalar no local? O foco é comercial, com conteúdo direcionado ao público específico, ou é um espaço residencial, para receber amigos e familiares?
  • Por fim, qual o volume máximo que você pretende obter e se há necessidade de grave, com auxílio de um subwoofer, para atingir o resultado pretendido. também o volume necessário?

Após responder a estas perguntas, ficará mais fácil definir quantas caixas você vai precisar instalar no ambiente. É claro, você vai precisar do auxílio de um profissional especializado, que ajudará a determinar quantas e quais caixas de som devem ser adquiridas.

Para facilitar, trouxemos um comparativo de fácil entendimento:

Use 1 caixa para ambiente com 9 a 12m² e pé direito de 2,5m. Para ambientes com 15 a 25m² e com pé direito de 4m, use 1 caixa. E para espaços maiores, com mais de 36m² e 6m de pé-direito, use 1 caixa.

E se quiser aprender informações mais técnicas sobre como potencializar o som ambiente da sua casa, baixe nosso Guia Definitivo: potencializando o som da sua casa. É gratuito!

#Qual o tipo de caixa de som ideal?

Existem diversos tipos de caixas de som, no entanto as mais comuns são as caixas de embutir e as caixas de sobrepor. Há também caixas em formato de pedra, para jardim e outros formatos, fique a vontade para escolher o formato e combiná-las com a decoração do seu ambiente.

#E a potência? Você sabe de quanto vai precisar?

Para ambientes corporativos, você pode prever de 2W a 10W por caixa de som, sendo que, mesmo que a caixa de som tenha muita potência (30W – 60W – 100W), o mínimo de potência para suprir a caixa de som é 2W. Esse cálculo é feito com a seguinte fórmula:

  • Potência saída do amplificador: 35W (exemplo Slim 1000 app)
  • Quantidade de caixas pretendidas: 12 caixas de embutir de 25W (8omhs)
  • Potência saída do amplificador / quantidade de caixas

Ou seja, 35/12 = 2,9W por caixa de som

Como o cálculo está entre 2W e 10W você pode usar essa fórmula para ambiente corporativo, onde geralmente se utiliza de múltiplas caixas de som em sequência.

Já para o cálculo residencial, há necessidade de alinhar muito a expectativa com o resultado.

Uma caixa de som pode ter a potência admissível de 120W mas ter uma qualidade pior que uma caixa de 60W. Isso acontece devido a diferença de qualidade empregada no material.

Uma regra mínima é que, para ambientes residenciais, a partir de 25W por caixa de som já se tem um som ambiente agradável.

Ou seja, um amplificador de 100W (exemplo slim 2000 app), com 4 caixas de som de 100W (8ohms), vai drenar pelo menos 25W para cada caixa de som, certo? 100W / 4 caixas = 25W para cada caixa.

Tecnicamente é suficiente para um som ambiente residencial com o mínimo de qualidade e potência, numa opção conservadora.

Numa opção menos conservadora, para cálculo de potência e não errar no som ambiente residencial, você pode aproximar e até dobrar a potência de saída com a potência de caixas de som, conforme exemplos permitidos.

  • Amplificador de 200W e 4 caixas de 50W
  • Amplificador de 400W e 4 caixas de 120W
  • Amplificador de 480W e 16 caixas de 60W
  • Amplificador de 120W e 2 caixas de 100W
  • Amplificador de 240W e 4 caixas de 60W
  • Amplificador de 100W e 1 caixa de som de 50W

Está claro para você? Essa é a relação de potência de amplificação e de potência drenada para a caixa de som.

Não significa que a caixa de som tem 120W e que 4 caixas de som possuem 480W juntas e que você precisa utilizar um amplificador de 480W.

Até porque, a potência de uma caixa de som de 120W é a potência admissível da caixa e não a potência de trabalho da caixa de som, por isso, um mínimo de 30W por caixa de som, com correto dimensionamento de cabos, é mais que suficiente para sonorização de um ambiente residencial com qualidade.

#Pense também no amplificador

É importante também entender que há diferenças entre amplificadores usados em um ambiente comercial e um residencial. O segundo é sempre projetado com potência intermediária, para ser usado com duas caixas de som.

Em uma área comercial, geralmente a potência necessária é baixa, porém será dividida entre muitas caixas. Caso você não use o amplificador adequado às caixas de som ambiente e suas necessidades, corre o risco de prejudicar a eficiência da sua sonorização.

Portanto, fique ligado nas suas necessidades e aprenda quais os melhores equipamentos escolher! Precisa de ajuda? A gente preparou um material especial e gratuito para você: baixe agora a Tabela Comparativa de Amplificadores e conheça qual o melhor equipamentos para você.

Use as tecnologias disponíveis a seu favor, os amplificadores contam com entrada analógica para interligar a um computador, entrada óptica para facilitar a conexão com a TV, controle remoto, Bluetooth, USB, para pen drive, alguns com opção de conexão Wi-Fi para envio de músicas através de aplicativos como Spotify, Deezer, TIDAL, entre outros.

E se quiser comprar equipamentos de qualidade, clique aqui e saiba mais sobre os os produtos que a Audio Prime disponibiliza!

Deixe uma resposta